Loja de Colchões

Olá amigo(a)!

Em como começar um negócio falarei hoje sobre as lojas de colchões.

Este é um item que nos ajuda a termos uma saúde melhor, por propiciar uma noite de sono proveitosa.

Não vá deitar ainda amigo(a), acompanhe antes este artigo. Vamos lá!

Medidas e tipos dos colchões

Amigo(a), as medidas para os colchões costumam serem padrões.

Para uma pessoa solteira a medida é: 1,88 m x 0,78 m (ou 0,88 m).

Para um casal, a medida fica em: 1,88 m x 1,28 m (ou 1,38 m).

Os tipos ou modelos de colchões são o standard, o luxo e ortopédico.

Geralmente, o colchão ortopédico é o mais recomendado, sobretudo se a pessoa tem algum problema na coluna.

Mercado e localização

É um setor que continua crescendo e é um dos mercados mais competitivos no país.

Estima-se que tenham mais de 380 indústrias no país que fabricam este tipo de produto (colchões) e com um número superior a 3 milhões de unidades produzidas por ano.

Este mercado tem uma certa estabilidade. É tido que, pelo menos, a cada 4 anos cada pessoa tem que trocar o seu colchão.

O varejo, segundo alguns dados, tem mais de 10 mil lojas espalhadas por todo o país dentro deste segmento. Sendo que, em torno de 90% do mercado está abrangido pelos colchões de espuma.

Referente a localização, como em outros negócios, você deverá definir o ponto do seu novo negócio após ter feito a pesquisa de mercado e identificado o público-alvo.

Procure estar num local de bom fluxo e visibilidade. Evite ficar próximo de algum outro concorrente, a menos que o seu negócio esteja numa ruma temática. Ou seja, com diversas lojas com o mesmo nicho de produtos.

Algo interessante é que você tenha a sua loja próximo de uma loja de móveis.

Pois, quando o cliente comprar a cama nesta loja, ele precisará de um colchão.

E aí, a sua loja será a solução para ele!

Estrutura

Estima-se que, se a loja tiver em torno de 100 m² já será um bom espaço.

O empreendimento terá que ter, por exemplo:

  • Estacionamento para clientes;
  • Área de carga e descarga de mercadorias;
  • Salão interno para exposição dos produtos;
  • Balcão ou mesa de atendimento;
  • Estoque interno para as mercadorias;
  • Dependências interna para uso dos colaboradores.

Sendo que, o principal ambiente do seu negócio deverá ser o salão que expõe os colchões e outros itens (como travesseiros, almofadas, roupas de cama e acessórios do gênero).

Os colchões têm que estarem a disposição (os principais modelos pelo menos) para os clientes fazerem o “test drive”.

Pois, a maior parte dos clientes só irão comprar o colchão da sua preferência após testá-lo na loja.

O espaço do estoque das mercadorias deverá ter um bom tamanho, pois os colchões são itens de grande volume e ocupam bastante espaço.

Equipe da loja

Em relação a equipe de colaboradores, se a sua loja tiver uma estrutura considerável você poderá montar a sua equipe com:

  • Vendedores (2 ou mais);
  • Operador de caixa;
  • Auxiliar administrativo;
  • Um estoquista;
  • Auxiliar de limpeza;
  • Gerente de loja.

Se a sua loja for pequena amigo(a) empreendedor(a), você pode contar só com um vendedor e a parte administrativa você mesmo poderá fazer, e não precisará contratar um gerente.

Para os serviços de limpeza geral poderá ser um funcionário terceirizado e para os itens que precisam de um contador, você pode contratar os serviços de um escritório de contabilidade.

Com isto, você terá uma boa economia na folha de pagamento da loja.

Fornecedores e marketing

É primordial que você tenha fornecedores que ofereçam uma boa variedade de produtos, não só com os colchões, mas também nos acessórios.

Os produtos fornecidos têm que terem simplicidades, modernidades e tecnologia.

Por sua vez, terão que terem linhas mais sofisticadas, para atender um perfil de público mais exigente.

No marketing, além das redes sociais, a loja tem que fazer a sua divulgação offline também.

Com panfletagem, cartazes, faixas e com caixa de som para os dias de maior demanda, ajudando assim a atrair um maior número de clientes.

Já se deitou amigo(a)?

Aguente firme, e não pegue no sono, falta pouco…

Documentações

As documentações e exigências legais são similares a de outros negócios. Vamos a lista:

  • Contactar a Prefeitura municipal para obter o Alvará de Funcionamento e a Licença ambiental;
  • Com a Vigilância Sanitária obter o Alvará Sanitário;
  • Com o Corpo de Bombeiros, solicitar o Auto de Vistoria;
  • Ir na Associação Comercial, para solicitar a abertura da loja;
  • Elaborar o Contrato Social, do seu novo negócio;
  • Com a Receita Federal, para obter o CNPJ;
  • Na Secretaria da Fazenda, para a Inscrição Estadual.

Os serviços de um contador serão necessários em todo o processo de abertura do seu novo negócio.

Franquias no segmento

Neste segmento, há diversas marcas que trabalham com o modelo de franquia.

Para você, amigo(a), que pretende começar uma loja de colchões, de uma estudada quais as opções de franquias disponíveis e qual o valor “que caberá no seu bolso”.

Pois, ao adquirir uma franquia, você terá todo o suporte do franqueador para implantação da sua unidade.

Além de ter todo a formatação do modelo de treinamento e divulgação de marketing, já disponibilizados pela marca.

Mas como dito acima, só avalie se o valor exigido pelo franqueado para você investir no negócio (além dos royalties) será viável para você investir, caso contrário, procure uma outra franquia mais barata ou comece a sua loja de forma independente mesmo.

Agora sim, amigo(a)!

Pode deitar no seu colchão e tenha um ótimo sono.

Muito obrigado e VOLTE SEMPRE!

Consulte também:

SEBRAE – Como montar uma loja de colchões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *